Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan Marília

Ouvir

Luisa Mell acredita que luta contra pecuaristas causou sua demissão da Band

por Jovem Pan, . - Atualizado em

A ativista em prol dos animais estará com uma feira de adoção no Shopping Morumbi, no próximo sábado (26)

A ativista em prol dos animais estará com uma feira de adoção no Shopping Morumbi, no próximo sábado (26)

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Luisa Mell lançou o seu novo livro, “Como os Animais Salvaram Minha Vida” e revelou detalhes sobre como a sua relação com Amilcare Dallevo foi essencial para que ganhasse espaço na Rede TV! para popularizar o seu programa,"Late Show", sobre maus tratos contra animais. No programa Pânico desta terça-feira (21), a ativista também deu detalhes sobre a sua demissão da Band, antes mesmo de seu novo programa estrear.

A ex-apresentadora precisou colocar pontos jamais revelados no material para explicar como lutou para levantar o seu projeto na Rede TV!. Segundo ela, o “Late Show” só ganhou vida por conta de seu relacionamento com Amilcare Dallevo, um dos chefões da emissora.

“Eu precisei contar algumas partes dos meus relacionamentos. Era difícil conseguir colocar as crueldades contra os animais na televisão, eu consegui porque tinha um relacionamento com um diretor da Rede TV! e ele quase me destruiu depois”, disse.

Após focar ainda mais no ativismo e na luta pelos direitos dos animais, Luisa viu seu relacionamento com Amilcare derrocar. Ela explica que começou a sofrer perseguição e assim ficou por três anos.

“Eu fui virando uma ativista e a gente foi se distanciando. Ele começou a perseguir o meu programa e minha parte artística. Eu sofri uma perseguição por três anos e depois que fui demitida também, foi algo muito ruim”, ressaltou.

Mesmo longe da televisão, Luisa Mell teve a oportunidade de retomar a carreira de apresentadora depois que a Band a procurou para criar um programa sobre animais. De forma súbita, o projeto acabou sendo cancelado e ela foi demitida antes mesmo de tudo sair do papel.

Mas qual será a razão que fez a diretoria da emissora de TV tomar tal atitude? A ativista acredita que sua batalha contra pecuaristas teve um grande peso nisso tudo.

“Eu estava numa fase em que não pensava em voltar para a TV, porque virei uma ativista. Eu tinha até me machucado quando me chamaram, falei que era ativista e não era mais apresentadora, mas insistiram. O programa estava começando a ser formado e muita gente foi mandada embora da Band”, relembrou.

“Entrou o Zé Emilio Ambrósio e desenhamos o programa. No mês de junho e julho tive uma briga com os pecuaristas, um pau violento. Eu acho que fui demitida por conta dessa coisa que lutei contra”, opinou.

Quase dez anos depois de vencer a depressão, Luisa não lamenta os momentos difíceis do passado. Ela acredita que todas as dificuldades a tornaram a pessoa forte e feliz que é hoje.

“O fundo do poço foi muito importante para eu estar aqui, brigando e lutando pelo que acredito. Pensei em tirar a minha vida aos 30 anos e hoje, quase com 40, estou aqui feliz”, finaliza.

Tags da Pan

Comentários